Empresária abre loja própria de vistoria automotiva

Postado em 27/08/2018
Carreira

Após anos como franqueada, ela criou sua marca e lidera uma equipe!

Os automóveis sempre foram a grande paixão da empresária Michelle Marquesani, diretora e fundadora da Análise Car. A paulistana empreendedora iniciou sua carreira como vendedora de automóveis premium e de marcas de luxo na década de 1990 e atuou nesta área até 2007, atravessando diferentes períodos econômicos do País.

“Em 2007, o segmento de vistoria cautelar estava começando no estado de São Paulo, e decidi apostar na oportunidade de me tornar franqueada de uma rede de lojas de vistorias automotivas”, conta Michelle.

De 2007 a 2017, a empresária dirigiu o estabelecimento franqueado no Jardim Anália Franco, no Tatuapé, área nobre da zona leste de São Paulo. Após os anos de aprendizado, Michelle decidiu mudar o rumo. “Quando você usa o nome de uma rede, é apenas mais um. Se uma unidade não faz um bom trabalho, isso acaba refletindo na imagem de todas, apesar de cada uma ser uma empresa diferente”, exemplifica a empreendedora. “Quando se trabalha com excelência, o que você menos quer é ser igual. O nome Análise Car surgiu a partir do pensamento lógico do que nós realmente oferecemos, uma análise completa de um automóvel e sua procedência”, ela afirma.

Em 2017, nasceu a Análise Car, loja especializada em vistorias veiculares, cujo diferencial é a especialidade em automóveis e motos, nacionais e importados, veículos antigos de colecionadores e automóveis blindados – dos segmentos premium.

Um detalhe importante é que a maioria das empresas de vistoria não tem especialização em automóveis premium e isso faz que a vistoria demore mais tempo ou mesmo aconteça de avariar alguma peça por falta de experiência do vistoriador. Há outras que preferem não trabalhar com motos, algumas marcas de importados e principalmente os antigos, justamente pelo risco de causar avarias.

E você acha que ela está preocupada em ocupar um espaço predominantemente masculino? De jeito nenhum: “Estamos em todos os lugares. Hoje estamos mais inseridas em áreas como mecânica, engenharia, informática, tecnologia e até construção civil. A força de trabalho feminina também ganha espaço e sucesso nos cargos de chefia, em campos antes muito vinculados ao sexo masculino, como o setor automotivo, tanto na parte técnica/mecânica quanto na burocrática/documental”, revela.

Vistorias e laudos – Nas negociações de veículos, as revendas de automóveis costumam exigir uma vistoria para aceitar um veículo seminovo como parte de pagamento. A este processo dá-se o nome de vistoria automotiva, ou vistoria cautelar. “É uma análise estrutural do veículo, na qual se verifica a originalidade do motor, do chassi e das peças que possam comprometer a segurança do automóvel, como a coluna e a longarina”, explica a proprietária da Análise Car. Nesse processo, também é realizada uma pesquisa para revelar se o automóvel tem passagem por leilões, sinistros ou restrições administrativas. Esse levantamento garante ao vendedor e ao comprador maior segurança na negociação.

É importante salientar a diferença entre vistoria cautelar e laudo de transferência, que é um documento emitido para regularização de documentação junto ao Detran. Na região metropolitana de São Paulo, por exemplo, o vistoriador pode atender com hora marcada no endereço residencial ou comercial do cliente para realizar a vistoria cautelar, porém o laudo de transferência só pode ser emitido dentro da ECV (Empresa Credenciada de Vistoria) ou em revendas de veículos cadastradas no Detran.


Joy Moretti

Idealizado pela jornalista Joy Moretti, o Radar Feminino é feito para as mulheres modernas, que estão atentas a tudo que está acontecendo ao seu redor, e querem se manter informadas sobre os mais diversos assuntos. É uma maneira de exaltar e homenagear as grandes guerreiras que fazem diferença em nosso país e no mundo diariamente. "Quando uma mulher empodera a outra, ela está reafirmando o seu próprio poder!"

Comentar

Seu email nunca será compartilhado. Campos obrigatórios são marcados *

*
*