Maternidade e empreendedorismo

Postado em 16/08/2018
Carreira

Coach dá dicas para conciliar carreira e o cuidado com os filhos

As mulheres chegaram a um patamar atual de não só apenas precisar trabalhar para manter uma boa situação financeira: a profissão também é uma maneira de sentir orgulho de si mesma e, em alguns casos, é a válvula de escape para uma rotina familiar intensa.

E muitas, com a chegada da maternidade, recorrem ao empreendedorismo com a ideia de ter mais tempo para os pequenos. Mas será que essa é uma tarefa fácil?

Isabela Cotian, psicóloga e coach de mães, ressalta que suas pacientes sempre buscam um novo ofício para conseguirem acompanhar os filhos. “Algumas vezes, a mulher também acaba perdendo a conexão com o trabalho que desempenhava antes da maternidade, e busca uma carreira com mais propósito”, explica.

Poder ver andar, o nascimento dos dentinhos, os primeiros passos, levar e buscar na escola, participar das atividades do dia a dia, sentir um abraço e ver seu sorriso, fazer registro de tudo e brincar são alguns dos motivos que fazem com que as mamães optem por novos horizontes profissionais.

E é nesse contexto que entra o empreendedorismo. “Com certeza, ao empreender, a mulher consegue definir melhor a rotina, ter horários mais flexíveis e autonomia. O fato de poder estar perto do filho e participar das atividades diárias dele são os maiores motivadores”, confirma.

Vale lembrar, ainda, que infelizmente são poucas as empresas que adotam estratégias que permitem que as recém-mamães acompanhem a rotina dos bebês de perto.

Como conciliar o empreendedorismo à vida de mãe?

Isabela ressalta que é preciso ter foco. “Isso se consegue definindo prioridades, sendo assertiva e produtiva, além de criando ao invés de se ocupando”. Ela aconselha que as mulheres tenham presença quando estão com os filhos, realmente se conectando a eles ao invés de estar no celular ou até mesmo pensando em outras coisas do trabalho.

“Quando se está em família, realmente ela deve curtir esse momento. E quando está trabalhando, focar nas responsabilidades e resultados profissionais, sabendo delegar ou pedir ajuda quando necessário”, ressalta a psicóloga.

Trabalhar em casa é sinônimo de estar na ativa 24 horas?

 A coach salienta que é importante estabelecer uma rotina de blocos. E como seria isso? “É quando cada dia da semana tem um bloco específico de cada área, como, por exemplo, na parte da manhã atividades com o filho, depois com a casa, e na parte da tarde as atividades profissionais. Agrupar as atividades de cada bloco específico faz ser assertiva, começando e terminando cada atividade dentro do tempo pré-estabelecido para aquele bloco”, esclarece.

Dicas para empreender e ter sucesso!

Isabela separou 10 sugestões para que não só as mulheres que sejam mães, mas todas, tenham mais êxito em sua jornada empresarial.

  1. Trabalhe com o que você ama. Mesmo trabalhando muito mais, você se sentirá realizada;
  2. Analise o mercado e a concorrência;
  3. Tenha um propósito inabalável e saiba exatamente o porquê você quer empreender;
  4. Faça um planejamento detalhado;
  5. Avalie quando exatamente você poderá investir;
  6. Construa uma rede de relacionamento e faça networking;
  7. Faça sua gestão do tempo e desenvolva sua rotina de blocos;
  8. Aprenda a cair e a levantar;
  9. Dê um passo de cada vez;
  10. Busque evolução pessoal permanente para você e para o seu negócio!

Joy Moretti

Idealizado pela jornalista Joy Moretti, o Radar Feminino é feito para as mulheres modernas, que estão atentas a tudo que está acontecendo ao seu redor, e querem se manter informadas sobre os mais diversos assuntos. É uma maneira de exaltar e homenagear as grandes guerreiras que fazem diferença em nosso país e no mundo diariamente. "Quando uma mulher empodera a outra, ela está reafirmando o seu próprio poder!"

Comentar

Seu email nunca será compartilhado. Campos obrigatórios são marcados *

*
*